Pistoleiros matam 2 passageiros de Uber e ferem motorista

Ele foi baleado nas costas e levou dois tiros de raspão. Crime no estilo da fronteira leva a polícia a suspeitar de acerto de contas.

Por: G1/Redação Fotos: Henrique Kawaminami/Michelle Machado/Whatsapp

carioca

 

Dois jovens de 20 e 22 anos, Michael e Felipe Renan de Oliveira morreram e um homem de 38 anos ficou ferido, em Campo Grande no jardim Carioca, após o carro onde eles estavam ser atingido por vários tiros. De acordo com a Polícia Militar, os disparos teriam partido de armas calibre 12 e 380. O caso aconteceu na tarde desta quinta-feira (27), no Jardim Carioca, região oeste da cidade.

De acordo com a Santa Casa, a vítima levou dois tiros de raspão, um no rosto e outro no ombro. Um outro disparo atingiu as costas e o projétil ficou alojado. O homem está na ala vermelha, consciente e orientado.

O sobrevivente, Nelson, mas conhecido como Chinez, relatou ao Corpo de Bombeiros que é motorista parceiro da Uber e que estava em uma viagem quando começou a ser perseguido. Ele alegou ainda que não conhece os passageiros.

Conforme o registro policial, populares disseram que os disparos foram efetuados por quatro passageiros de uma Hilux prata, dois em uma motocicleta preta e uma caminhonete preta.

Crime no estilo da fronteira leva a polícia a suspeitar de acerto de contas. Os jovens estriam envolvidos no assassinado de um policial.

Testemunhas relataram correria e medo por causa do barulho de tiros. “Achei que era barulho de bombinha. Foram mais ou menos uns dez. Depois que eu percebi que era tiroteio. Aí eu vi todo mundo correndo”, contou uma moradora.

asd

<

Copyright © Tribuna1.com - Todos os direitos reservados. Não nos responsabilizamos pelo conteúdo de sites externos.