Em Caarapó, professor de 36 anos é morto a facadas pela esposa ao ser flagrado com amante

Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu ao ferimento e morreu no local. A autora do crime foi presa em flagrante por homicídio.

Por: Clayton Neves/Redação

123_29_1 Professor de 36 anos foi morto a facadas pela esposa na madrugada desta sexta-feira (5), depois de ser flagrado com a amante. O caso aconteceu na aldeia indígena Tey Cuê, em Caarapó, distante 50 quilômetros de Dourados.

De acordo com o registro policial, a esposa de 37 anos e o marido participavam de um churrasco na casa do casal. Por volta das 2 horas, o homem teria saído de casa e ido até a residência da amante, de 21 anos.

Momentos depois, a autora teria flagrado o marido com a jovem, momento em que pegou uma faca que estava próximo e começou a golpear a mulher. O homem teria tentado separar as duas mulheres e foi atingido no peito.

Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu ao ferimento e morreu no local. A autora do crime foi presa em flagrante por homicídio.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima possuía caso extraconjugal com uma jovem de 21 anos.

<

Copyright © Tribuna1.com - Todos os direitos reservados. Não nos responsabilizamos pelo conteúdo de sites externos.