Délia visita e parabeniza atletas que disputaram Paralimpíadas

Mães destacam projeto desenvolvido pela prefeitura e se emocionam ao relatar a transformação que foi proporcionada a seus filhos

Por: Assecom

Delia paratletas (2)

“Meu filho não se relacionava com ninguém, era depressivo, enfrentava problemas na escola, não conversava nem em casa e, hoje, graças a Deus, ele é outra pessoa”, disse Marcela Correia Pereira, mãe de um dos atletas do Projeto Paralímpico de Dourados à prefeita Délia Razuk na tarde desta segunda-feira.

Foi com muita emoção que Marcela se referiu ao filho, no momento em que a prefeita foi até a sede do projeto, no estádio Douradão. O garoto é Zé Mario, 14 anos de idade, que integra a seleção paralímpica de basquete de Mato Grosso do Sul e, que disputou, de 20 a 25 de novembro, em São Paulo, a Paralimpíadas Escolares Brasileira.

Mesmo caso dele é o de Bruna Rodrigues, que apresenta quadro de dificuldade intelectual e baixa visão. Ela, com 13 anos de idade, já disputou várias competições em vários estados e agora esteve na Paralimpíadas. Para sua mãe, Aparecida Rodrigues, foi um sonho realizado.

“Esse projeto da Prefeitura de Dourados transformou a vida da minha filha. Ela não tinha quase que desenvolvimento algum em sala de aula, era muito fechada, não fazia questão de conversar e agora a situação é outra”, disse a mulher, agradecendo imensamente o trabalho executado.

PREMIADOS

Esses são dois exemplos de vida e de superação, mas o Projeto Paralímpico, que é coordenado pela Funed (Fundação de Esporte de Dourados) tem diversas outras situações, incluindo as dos demais que participaram da Paralimpíada e que, inclusive, conquistaram medalhas em suas respetivas modalidades.

É o caso dos judocas Igor Miranda e Ana Vitória; Dayane Arevalo Benites, no lançamento de dardo, arremesso de peso e corrida de 100 metros rasos; Joelma Lacerola, nos 1.500, 400 e 100 metros; Bryan Lucas Félix Bosco, também nos 1.500, 400 e 100 metros; João Vítor Alves, nas provas dos 200 metros e no lançamento de pelota; João Vítor Correia Martins, no lançamento de disco e de peso; Edson Fernandes da Silva, no arremesso de peso, e Graziela Ferreira dos Santos, no salto em distância e arremesso de peso. Finalmente o basquetebol, cuja a equipe foi iniciada no projeto há três meses.

COMPROMISSO COM AS PESSOAS

A prefeita Délia Razuk fez questão de cumprimentar todos os atletas e manter contato com seus familiares. “É gratificante ver que se trata de um trabalho que tem dado excelentes frutos, tem resgatado a autoestima e transformado vidas”. Para ela a grande vitória não é pela conquista de medalhas ou troféus, mas sim pelo que isso representa para cada um deles e suas respectivas famílias.

Somente para a Paralimpíadas foram 20 atletas locais, mas a Prefeitura, por meio da Funed, trabalha com 60 alunos deficientes. Além disso, desenvolve diversos outros projeto que atendem mais de duas mil pessoas, desde a criança de 7 anos de idade, ao idoso. Isso sem contar com as atividades do Centro Popular Jorge Antônio Salomão, o Jorjão, que atende outros dois mil.

Délia destacou o trabalho da equipe da Funed, professores, coordenação, equipe de apoio e ressaltou que esse é o compromisso que firmou com a população de Dourados, com as pessoas de Dourados e, por conta disso, tem buscado cada vez mais, incrementar esses projetos. Ela entende que são ações como essas que fazem a diferença até mesmo no relacionamento entre as famílias e na qualidade vida.

A prefeita ressalta ainda o apoio dos governos estadual e federal e anuncia mais atividades para o próximo ano, como o Pelc (Programa Esporte e Lazer da Cidade) e o 2º Tempo, projetos em que a prefeitura se cadastrou junto ao governo federal e que serão deverão estar em funcionamento a partir do ano que vem.

O projeto Dourados Paralímpico é desenvolvido pela Prefeitura, por meio da Funed (Fundação de Esporte de Dourados), em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer do Mato Grosso do Sul).

Delia paratletas (5)

<

Copyright © Tribuna1.com - Todos os direitos reservados. Não nos responsabilizamos pelo conteúdo de sites externos.